1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
  • Banner
  • Banner

PDFImprimirE-mail

Vendas no varejo paulista sobe 3% em junho, mês dos Namorados, aponta Sincomercio Rio Preto

Projeções da Federação do Comércio São Paulo e Sincomercio Rio Preto para o mês do Dia dos Namorados estimam que o comércio varejista paulista deve faturar R$ 48,6 bilhões; alta real de 3% na comparação com mesmo mês de 2016. Já as vendas do varejo paulistano devem crescer 5% na mesma base comparativa, alcançando R$ 16 bilhões.

Tal crescimento nas vendas do varejo em junho pode indicar que as turbulências observadas em âmbito político, ao menos até junho, não irão comprometer a trajetória de recuperação do movimento varejista até aqui. A combinação positiva de elementos determinantes do consumo - como a queda da inflação, ciclo de cortes na taxa básica de juros e a elevação na renda agrícola  (em que São Paulo tem grande presença) - acabam favorecendo a  melhoria nos indicadores de confiança dos consumidores, gerando, assim, um ambiente favorável ao crescimento das vendas.

Para o Sincomercio Rio Preto, a influência do Dia dos Namorados sobre o desempenho geral do comércio é menor quando comparado ao Dia das Mães, segunda melhor data para o setor, até porque muitos casais preferem celebrar a data em bares, restaurantes, hotéis e motéis, e acabam abrindo mão dos presentes. Uma rápida pesquisa entre consumidores revela as tendências de maior possibilidade de compras nesta data: Itens de vestuário e calçados; perfumes e cosméticos; e joias e bijuterias, além de bombons e flores na hora de presentear.

A alta geral do faturamento varejista no mês de junho será motivada pelos bons desempenhos em atividades que até aqui mostravam ritmo fraco de vendas, como são os casos das lojas de eletrodomésticos e eletrônicos e das concessionárias de veículos. Para a Federação, no ano passado, o segmento enfrentou seu ciclo recessivo mais intenso, com quedas mensais sucessivas acima de 14% em média.

As bijuterias estão muito mais baratas do que no ano passado (-11,08%) enquanto as joias caíram apenas 0,76%. Os outros produtos cujos preços caíram são agasalho feminino (-11,22%); vestido (-8,26%); bolsa (-4,81%); blusa feminina (-3,30%); e agasalho masculino (-2,47%). Os preços atrativos devem motivar ainda mais a procura por esses produtos neste ano, que já são os mais desejados como presente.

Ainda dentro desse grupo, apresentam alta de preços acima da inflação média do período os itens: tênis (18,43%); sandália (7,82%); sapato masculino (7,56%); sapato feminino (5,92%); e lingerie (4,82%). Complementam a lista os artigos de maquiagem (8,28%) e os perfumes (7,77%).

 

O SINCOMERCIO RIO PRETO - Sindicato do Comércio Varejista de São José do Rio Preto foi fundado em 15 de agosto de 1942 para fortalecer o comércio rio-pretense, buscando alternativas para difundir ações empresariais, atrair consumidores, e ainda esclarecer os associados sobre novas leis, direitos e deveres sociais e tributários.

Mais informações: Assessoria de imprensa Sincomercio Rio Preto

Fabrício Mendes   Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

(17) 3211-4141 ou 99777-3709

Siga o Sincomercio Rio Preto no Twitter - www.twitter.com/sincomercio_rp

Conheça nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/SincomercioRioPreto/

 


PDFImprimirE-mail

AGENDA SINCOMERCIO RIO PRETO 09 A 13 DE MAIO

O Presidente do Sincomercio Rio Preto participa nesta semana de vários eventos, levando a bandeira dos comerciantes e prestigiando nossa cidade.

09/05 – Reunião COMTUR – Conselho Municipal de Turismo;
Reunião da Diretoria do Sincomercio Rio Preto;

10/05 – Participa de reunião como presidente da CSN (Coordenadoria Sindical Norte), e pelo Sincomercio Rio Preto e a Fecomercio na cidade de Birigui;

12/-05 – Reunião do Conselho da JUCESP;
Participa na cidade de Tanabi do lançamento do Circuito Sesc de Artes representando o Sincomercio Rio Preto e a Fecomercio São Paulo



Página 2 de 14

  • Banner
  • Banner
  • Banner